As temperaturas máximas vão subir nos próximos dias até aos 28 graus Celsius, prevendo-se, no entanto, aguaceiros acompanhados de trovoadas, em especial nas terras altas e regiões do Interior, adiantou à Lusa a meteorologista Ângela Lourenço.

«A previsão do estado do tempo para o território do continente vai ser de subida da temperatura. Para esta semana vamos ter essencialmente uma subida da temperatura máxima, principalmente hoje [terça-feira] e amanhã, com as máximas a chegarem aos 27/ 28 graus em muitos locais do continente», disse à agência Lusa a meteorologista Ângela Lourenço, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Apesar da subida das temperaturas, o IPMA prevê, principalmente para quarta e quinta-feira, ocorrência de aguaceiros e trovoadas, uma situação que Ângela Lourenço disse ser «normal para a época do ano».

«Vamos ter condições de instabilidade já hoje, embora com probabilidade baixa. Poderão ocorrer aguaceiros e trovoadas em alguns locais essencialmente no interior e nas zonas montanhosas amanhã e quinta-feira», disse.

De acordo com a meteorologista, não estão previstas trovoadas no fim de semana e os aguaceiros serão pouco prováveis.

«As temperaturas têm tendência para descer ligeiramente e mantém-se a tendência para o final da semana e início do fim de semana de céu pouco nublado e temperaturas primaveris», disse.

Na primavera, explicou a meteorologista do IPMA, «quando as temperaturas começam a subir, é muito comum ocorrerem condições de instabilidade que podem dar origem a aguaceiros e trovoadas dispersos pelo território».

«São mais prováveis nas zonas do Interior e terras altas, mas todo o território costuma ser afetado. No outono volta ser novamente uma época em que estes episódios poderão acontecer», concluiu.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade até ao meio da manhã no litoral a norte do Cabo da Roca.

A partir da tarde, prevê-se um aumento gradual de nebulosidade, em especial nas regiões do Interior com condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e de trovoada, vento em geral fraco predominando do quadrante leste, soprando temporariamente moderado nas terras altas e no Algarve, e sendo de norte no litoral oeste, neblina ou nevoeiro matinal, em especial no litoral das regiões norte e centro e pequena subida da temperatura máxima.

Quanto às temperaturas, em Lisboa e Castelo Branco prevê-se uma máxima de 25 graus Celsius, no Porto 20, em Évora, Beja e Faro 27, em Braga, Viseu e Portalegre 23, Bragança 21, na Guarda 19, em Santa Cruz das Flores e Angra do Heroísmo 15, Ponta Delgada 16 e Funchal 21.