As temperaturas máximas vão subir gradualmente, entre dois a sete graus, a partir de hoje, devido a uma «corrente de leste que vai instalar-se no continente», disse à agência Lusa a meteorologista Maria João Frada.

«A partir de hoje vamos ter uma subida da temperatura máxima na generalidade do território que pode variar entre os dois e os 5 a 7 graus Celsius. As temperaturas máximas rondarão os 28 e os 34 graus no interior do Alentejo e os 25 e os 30 no litoral norte e centro», adiantou à Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente limpo, prevendo-se um aumento temporário da nebulosidade durante a tarde nas regiões do interior onde há probabilidade de ocorrência de aguaceiros e subida da temperatura.

Em declarações à Lusa, Maria João Frada adiantou que na quinta-feira está prevista uma nova subida da temperatura mínima e máxima na generalidade do território.

«Este cenário vai manter-se até domingo. Amanhã [quinta-feira] vai ser emitido um aviso amarelo para o distrito de Setúbal e posteriormente para Évora e Beja e provavelmente até ao fim de semana vamos emitir mais avisos devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima», disse.

De acordo com a meteorologista, a subida da temperatura deve-se a uma corrente de leste que vai instalar-se no continente desde os Açores até à Europa central, dando origem a temperaturas elevadas perfeitamente normais para esta altura do ano.

Maria João Frada disse ainda que a tendência a partir da próxima segunda-feira é para uma ligeira descida da temperatura.

O IPMA emitiu hoje um aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, para o distrito de Setúbal, entre as 10:00 de quinta-feira e as 06:00 de sábado, devido à persistencia de valores elevados da temperatura maxima.

Também os distritos de Évora e Beja vão estar sob aviso amarelo entre as 10:00 de sexta-feira e as 06:00 de sábado devido às temperaturas elevadas.