O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para este domingo em Portugal continental céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade em especial durante a tarde e nas regiões do interior, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros durante a tarde.

O vento soprará fraco a moderado do quadrante leste, rodando temporariamente para noroeste no litoral oeste durante a tarde, e soprando moderado nas terras altas.

Prevê-se ainda uma subida da temperatura máxima no litoral das regiões Norte e Centro. Para os Açores, o IPMA prevê períodos de céu muito nublado com abertas e aguaceiros fracos.

Na Madeira, a previsão aponta para céu com períodos de muita nebulosidade e aguaceiros fracos, mais prováveis a partir da tarde. As temperaturas máximas previstas para hoje são de 23 graus celsius em Lisboa, 25 no Porto, 21 em Faro, 16 em Ponta Delgada e 18 no Funchal.

Todo o país apresenta risco «alto» e «moderado» de exposição à radiação ultravioleta (UV).

Em risco «alto» de exposição aos raios UV estão os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Bragança, Porto, Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra, Leiria, Lisboa e Setúbal.

Os restantes distritos do país apresentam risco «moderado» de exposição aos raios UV.


Risco de incêndio

Vinte concelhos dos distritos de Viana do Castelo, Porto, Aveiro, Santarém, Viseu, Castelo Branco, Coimbra e Leiria apresentam risco moderado de incêndio, segundo o IPMA.

Em risco moderado (o quarto de uma escala de cinco níveis) de incêndio estão os concelhos de Sernancelhe, Moimenta da Beira, Vila Nova de Paiva, Castro de Aire, São Pedro do Sul e Vouzela no distrito de Viseu.

Também estão na mesma situação os concelhos de Caminha, no distrito de Viana do Castelo, de Valongo, no Porto, e de Castelo de Paiva, em Aveiro.

O IPMA colocou igualmente em risco moderado de incêndio os concelhos de Tomar, Sardoal e Mação, no distrito de Santarém, e os concelhos de Vila de Rei, Sertã, Oleiros, no distrito de Castelo Branco.

Os concelhos de Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, e de Pampilhosa da Serra, Góis e Arganil, no distrito de Coimbra, também estão com risco moderado.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, variando entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou no sábado 27 incêndios, que foram combatidos por 222 operacionais, com o apoio de 60 veículos.