Sete barras do continente estão fechadas a toda a navegação e outras duas condicionadas devido à previsão de agitação marítima, prevendo-se ondas até quatro metros, informou esta segunda-feira a Marinha portuguesa.

De acordo com informação disponível na página da Marinha na Internet, as barras de Esposende, Caminha, Vila Praia de Âncora, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Figueira da Foz e São Martinho do Porto estão fechadas a toda navegação.

A Marinha indica também que as barras do Douro e Aveiro estão fechadas a embarcações com comprimento inferior a 35 e 15 metros, respetivamente.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje na costa ocidental ondas de noroeste com três a quatro metros, diminuindo gradualmente para dois a três metros.

Na costa sul prevê-se ondas de sudoeste com um a um metro meio.

O instituto prevê para hoje no continente céu em geral pouco nublado, apresentando períodos de maior nebulosidade nas regiões norte e centro até ao início da tarde e vento em geral fraco predominando do quadrante leste.

Está também prevista a formação de gelo ou geada nas regiões do interior, neblina ou nevoeiro matinal, podendo persistir em alguns locais do interior das regiões norte e centro., descida da temperatura mínima e da máxima.

Em Lisboa, as temperaturas vão oscilar entre 8 e 14 graus Celsius, no Porto, entre 9 e 16, em Vila Real, entre 2 e 10, em Viseu, entre 2 e 12, em Bragança, entre 1 e 6, na Guarda, entre 1 e 9, em Coimbra, entre 6 e 15, em Castelo Branco, entre 4 e 11, em Santarém, entre 5 e 15, em Évora, entre 5 e 14, em Beja, entre 6 e 14 e em Faro, entre 10 e 19.