O início de semana vai ser marcado pela chuva e por uma descida das temperaturas na ordem dos dois a três graus Celsius, disse esta segunda-feira a meteorologista Ângela Lourenço, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a especialista do IPMA, a previsão do estado do tempo em Portugal continental para esta semana e até dia 30 (sexta-feira) será de ocorrência de precipitação, sendo as regiões do Norte e Centro as mais afetadas.

Vamos ter chuva, principalmente nas regiões do Norte e Centro, podendo um dia ou outro chegar mais a Sul, nomeadamente à região de Lisboa e Alto Alentejo. Hoje, segunda-feira, tivemos precipitação forte no nordeste transmontano e poderá ocorrer ainda hoje precipitação na região Norte”, disse.

No que diz respeito às temperaturas, vão descer ligeiramente durante a semana, segundo a especialista.

A descida começou a notar-se ontem [domingo], mas vamos ter ligeiras descidas da temperatura até quinta-feira, umas vezes da mínima outras da máxima na ordem dos dois a três graus. As máximas tendem a variar entre os 20 e os 26 graus”, indicou.

O IPMA prevê para esta segunda-feira nas regiões do Norte e Centro céu geralmente muito nublado, tornando-se gradualmente pouco nublado nas regiões do interior a partir da tarde, períodos de chuva ou aguaceiros na região Norte e no litoral Centro, mais frequentes até meio da manhã.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante oeste, uma pequena descida da temperatura máxima e a possibilidade de ocorrência de neblina ou nevoeiro matinal.

No Sul prevê-se céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no Alentejo e no litoral oeste do Algarve até meio da manhã, possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco até final da manhã no litoral oeste.

A previsão aponta ainda para vento fraco a moderado de noroeste, soprando moderado de sudoeste na costa sul do Algarve durante a tarde e uma pequena descida de temperatura.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 17 e 25 graus Celsius, no Porto entre 17 e 24, em Vila Real entre 14 e 25, em Viseu entre 12 e 23, em Bragança entre 14 e 26, na Guarda entre 11 e 24, em Coimbra entre 16 e 24, em Castelo Branco entre 14 e 28, em Santarém entre 16 e 28, em Leiria entre 17 e 24, em Portalegre entre 13 e 27, em Évora e Beja entre 14 e 30, e em Faro entre 17 e 29.

 

Três concelhos de Faro em risco 'máximo' de incêndio

Os concelhos de São Brás de Alportel, Tavira e Castro Marim, no distrito de Faro, apresentam esta segunda-feira risco ‘máximo’ de incêndio’, segundo o IPMA.

O Instituto colocou também em risco ‘muito elevado’ de incêndio os concelhos de Monchique, Silves, Loulé e Alcoutim (Faro), Marvão, Nisa, Gavião (Portalegre), Mação, Ferreira do Zêzere (Santarém), Alvaiázere, Figueiró dos Vinhos (Leiria), Penela (Coimbra),Castelo Branco, Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova, Sertã e Vila de Rei (Castelo Branco).

O IPMA colocou ainda vários concelhos dos distritos de Faro, Évora, Beja, Portalegre, Leiria, Santarém, Castelo Branco, Coimbra e Bragança em risco 'muito elevado' de incêndio.

Os restantes distritos do país apresentam risco ‘moderado’ e ‘reduzido’ de incêndio.