O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê o agravamento das condições atmosféricas em todo o continente na segunda-feira, com chuva e vento fortes a progredirem de norte para sul, a partir do final da manhã.

Na segunda-feira, todos os distritos do continente estarão sob aviso amarelo, a segunda situação meteorológica de risco de uma escala de quatro.

Para hoje, o IPMA apenas prevê a ocorrência de aguaceiros por vezes fortes nos distritos de Viana do Castelo e Braga, situação meteorológica que se estenderá a toda a região norte a partir das 12:00 de segunda-feira.

As condições evoluirão para aguaceiros até às primeiras horas da madrugada de terça-feira.

Na orla, as ondas de noroeste poderão atingir entre quatro a cinco metros e o vento soprará de sudoeste, também nas terras altas.

A partir das 15:00 de segunda-feira, os distritos do centro litoral serão atingidos pelos períodos de chuva forte e vento igualmente de sudoeste, enquanto a previsão do agravamento do tempo no interior ocorrerá no final da tarde.

Nos distritos de Leiria, Santarém, Lisboa e Setúbal, o IPMA prevê que a chuva forte e o vento de sudoeste ocorram a partir das 18:00. No litoral esperam-se ondas até cinco metros.

O agravamento das condições climatéricas nos distritos de Beja, Évora e Faro, também com chuva forte e vento a soprar do mesmo quadrante, está previsto para os primeiros minutos de terça-feira.

Na segunda-feira, os arquipélagos da Madeira e dos Açores mantêm-se sem situação meteorológica de risco.