O Natal foi muito frio, como manda a tradição, mas o fim-de-semana traz de volta a chuva, ainda que por pouco tempo, entre o final da tarde de sábado e domingo. Já o início da próxima semana, a última do ano, trará consigo o regresso das temperaturas baixas. O revéillon promete ser o dia mais gelado.

«Nas regiões do interior norte e centro vamos ter temperaturas mínimas negativas, de -2, -3, -4 graus ou mesmo -5. Nas regiões do litoral, é muito provável que, em alguns locais, haja temperaturas muito perto de zero graus»

 
As previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera foram referidas à TVI pela meteorologista Maria João Frada, que explicou que os avisos do IPMA  far-se-ão sentir durante a próxima semana. «Muito provavelmente vão ser lançados avisos de persistência de tempo frio em vários locais do continente», indicou.

As temperaturas máximas também sofrem uma descida, mas não tão acentuada. Em Lisboa e no Porto, os termómetros irão rondar os 11 graus de máxima.

Até ao dia 4 de janeiro, o céu pouco nebulado ou limpo acompanhará o tempo frio, com formação de geada e com vento do quadrante leste, por vezes forte, nas terras altas.

Luvas, gorros e cachecóis vão ser os melhores amigos dos portugueses nos próximos dias e nas boas vindas a 2015. A noite de passagem de ano promete ser a mais fria de todas.