Estamos em agosto, mas em muitos locais do país esta sexta-feira poderá fazer lembrar um dia de Outono. Muitas nuvens, períodos de chuva e uma descida da temperatura são as previsões para hoje. Só a região sul deverá escapar a este cenário.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê nas regiões norte e centro céu geralmente muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade no Minho e Douro Litoral a partir da tarde, e apresentando-se pouco nublado nas regiões do interior até ao meio da manhã. 

Prevê-se ainda períodos de chuva fraca ou chuvisco no litoral, sendo temporariamente moderada até final da manhã no Minho, estendendo-se gradualmente às regiões do interior, onde será pouco frequente, enquanto o vento soprará fraco a moderado do quadrante oeste.

É esperada uma pequena subida da temperatura mínima, mas também uma descida da temperatura máxima. 

Para o sul do país, é esperado céu pouco nublado, apresentando períodos de muita nebulosidade no litoral oeste a partir do início da manhã e no interior do Alentejo a partir do meio da manhã.

O vento também soprará fraco a moderado predominando de noroeste, sendo moderado (25 a 35 km/h) de sudoeste na costa do Algarve durante a tarde, assistindo-se a uma pequena descida da temperatura máxima no Alto Alentejo.

No arquipélago da Madeira, o IPMA prevê céu com períodos de muita nebulosidade, tornando-se geralmente muito nublado a partir do final da tarde com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco.

Já nos Açores, e para os três grupos de ilhas, o céu vai apresentar-se muito nublado com boas abertas, mas com possibilidade de aguaceiros fracos para a noite.

No continente prevê-se que a temperatura máxima atinja os 33 graus Celsius em Faro; 32 em Beja; 31 em Évora; 27 em Lisboa, 30 em Santarém e Castelo Branco, Portalegre 28; 26 em Bragança; 25 em Coimbra; 22 em Viana do Castelo e no Porto.

Temperaturas voltam a subir no fim de semana

As temperaturas vão voltar a subir no fim de semana, mas com o vento, depois de uma sexta-feira marcada por temperaturas baixas e ocorrência de chuva na maior parte do país, segundo a meteorologista Maria João Frada.

“Para hoje, temos muita nebulosidade para já no litoral oeste, períodos de chuva fraca ou chuviscos no litoral a norte do Cabo Espichel que podem estender-se ao interior norte e centro. O céu hoje só estará pouco nublado ou limpo no sotavento algarvio e baixo Alentejo”, disse em declarações à Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

No entanto, para sábado, segundo Maria João Frada, o cenário vai alterar-se já que se vai assistir-se ao regresso do céu pouco nublado ou limpo, uma situação que irá manter-se até segunda-feira.

Segundo a meteorologista, as temperaturas mínimas vão descer hoje e a noite de sábado também será “mais fria”. No entanto, a partir de domingo, as máximas têm tendência a subir até segunda-feira.

“Vamos ter dois dias relativamente quentes, com temperaturas mais quentes e com as máximas, na generalidade do território, a variar entre 30/35 graus Celsius, com exceção da faixa costeira ocidental a norte do Cabo Raso onde as temperaturas são mais baixas e variam entre os 25/27”, frisou Maria João Frada.

A par do regresso do calor, também o vento vai marcar presença no território nacional já a partir do final do dia de hoje, sendo esperado para sábado vento moderado a forte na faixa costeira ocidental, com rajadas que podem atingir os 60 km/hora, enquanto domingo o vento tende a enfraquecer ligeiramente.

“As temperaturas mínimas tendem a subir no fim de semana, mas este episódio de calor será muito temporário, só dois dias, porque, em principio, a partir de terça-feira haverá uma tendência para uma descida das temperaturas”, avançou.