A Proteção Civil do Porto considera que "há um elevado grau de probabilidade" de que venham a ocorrer cheias no rio Douro esta madrugada, indicou uma fonte da câmara, que já acionou o "dispositivo habitual nestas circunstâncias".

A estimativa, devido à forte precipitação prevista para esta madrugada e às descargas de barragens, é que o período mais critico ocorra às 06:00, estando localizados no Porto como pontos mais críticos o Postigo do Carvão, Miragaia e o Cais da Ribeira.

A Proteção civil e a Câmara do Porto estão a "contactar individualmente" os residentes e os responsáveis por estabelecimentos comerciais junto ao Douro, avançou à agência Lusa fonte camarária.

O Parque da Alfândega já foi disponibilizado para estacionamento de veículos, bem como para colocação de bens que não possam ser acondicionados pelos proprietários.

Veja também:

Águeda: há 15 anos que não havia uma cheia assim

Chuva coloca quatro distritos em aviso laranja

Mau tempo faz estragos em vários pontos do país

 

A Câmara do Porto garantiu ainda a colocação de um bote em Miragaia destinado a saídas de emergência.

Durante a tarde desta sexta-feira, numa nota publicada na sua páginana Internet, a Câmara de Vila Nova de Gaia alertou para a "possibilidade de subida das águas do Douro até [ao] limite das estradas marginais" e remeteu para o aviso da Autoridade Nacional de Proteção Civil sobre a possibilidade de "inundações rápidas em zonas historicamente vulneráveis, mais prováveis nas bacias dos rios Minho, Lima, Cávado, Ave, Vouga, Douro e Mondego".

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) atualizou os alertas para o fim de semana e colocou sete distritos em aviso laranja hoje por causa das chuvas fortes e da agitação marítima.

De acordo com a informação disponibilizada pelo IPMA, os distritos do Porto, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga estão sob aviso laranja.