A chuva forte, o vento, a queda de neve e a agitação marítima vão afetar Portugal continental até sexta-feira devido à passagem de superfícies frontais, adiantou esta terça-feira à agência Lusa o meteorologista Manuel João Lopes.

Cinco barras fechadas e uma estrada cortada por causa do tempo

O meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) explicou que estão previstos até às 19:34 de sexta-feira episódios de precipitação, vento, agitação marítima e queda de neve devido a uma forte corrente de oeste no Atlântico norte e a passagem de superfícies frontais.

«Para hoje e para os próximos dias, temos uma alternância entre situações em que há um agravamento do estado do tempo devido à aproximação de superfícies frontais. Este agravamento reflete-se em termos da quantidade de precipitação, de vento, queda de neve e de agitação marítima», referiu.

Todos os distritos do continente vão estar até quinta-feira sob aviso laranja e amarelo por causa da agitação marítima, chuva, neve e vento.

«A partir das 12:00 de hoje já temos aviso de precipitação correspondente a períodos de chuva forte para os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Vila Real. A partir das 15:00 ficam também os distritos de Coimbra, Viseu e Bragança sob aviso amarelo, depois das 18:00 ficam os distritos da Guarda, Castelo Branco e Leiria e a partir das 21:00 Lisboa, Setúbal, Santarém, Portalegre e Évora», adiantou Manuel João Lopes.

Por causa da agitação marítima, o IPMA colocou sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Évora até às 23:00 de quinta-feira.

De acordo com o IPMA, está prevista uma altura significativa das ondas na costa ocidental, entre cinco e sete metros, podendo atingir alturas máximas de entre oito e dez metros.

O IPMA colocou também sob aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, até ao final do dia de quinta-feira todos os distritos do continente por causa da chuva forte e persistente, do vento forte (que podem atingir os 100 quilómetros/hora nas terras altas) e da queda de neve acima de 600/800 metros

Também a Madeira está sob aviso amarelo por causa da agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros entre as 12:00 de quarta-feira e as 06:00 de quinta-feira.

O IPMA colocou ainda o grupo Ocidental dos Açores (Flores e Corvo) sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte até às 09:00 de hoje (hora local).