A chuva vai regressar a todo o país a partir de quinta-feira, prevendo-se também uma subida das temperaturas mínimas.

Em declarações à agência Lusa, a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), adiantou que a precipitação vai regressar a partir de quinta-feira no litoral a norte do Cabo Raso, estendendo-se a todo o território até dia 31.
 

«Hoje ainda vamos ter céu pouco nublado ou limpo e as temperaturas mínimas vão manter-se na mesma ordem de grandeza, ou seja, relativamente baixas, em especial no interior. As temperaturas máximas são agradáveis, da ordem dos 15/17 graus Celsius nas regiões do litoral».


De acordo com Maria João Frada, na quarta-feira o estado do tempo vai sofrer alterações, prevendo-se um aumento da nebulosidade a partir da manhã e períodos de chuva fraca ou chuvisco para o final do dia no litoral a norte do Cabo Raso.
 

«Esta situação vai estender-se a todo o território no dia 29 (quinta-feira) e até dia 31 (sábado), em especial nas regiões do norte e centro e que será sob a forma de neve acima dos 1.200/1.400 metros de altitude».


Segundo a meteorologista do IPMA, as temperaturas vão subir até sábado e, no domingo, com a entrada de uma massa de ar mais frio, voltam a descer.

«A tendência nos próximos dias, em especial no dia 29, será de uma subida da temperatura mínima relativamente ao que temos agora e com valores entre os 8 e os 10/12 graus na generalidade do território, exceto na Serra da Estrela».


Maria João Frada adiantou ainda que a partir de sábado vai ocorrer uma descida da temperatura mínima da ordem dos 4/5 graus nas regiões do norte e centro.