Os meteorologistas preveem para esta quinta-feira períodos de chuva nas regiões Norte e Centro, sendo fraca na região Sul. As temperaturas deverão subir.

Céu muito nublado, com abertas no Algarve até ao início da manhã. Períodos de chuva nas regiões Norte e Centro, em especial no

Minho e Douro Litoral, estendendo-se gradualmente à região Sul a partir do final da manhã, onde será em geral fraca", é a previsão do Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA).

A previsão indica ainda que o vento irá soprar "fraco a moderado (até 25 km/h) do quadrante oeste, soprando moderado a forte (30 a 45 km/h) nas terras altas".

Haverá ocorrência de "neblina ou nevoeiro em alguns locais".

Na Grande Lisboa, o céu estará "geralmente muito nublado, com períodos de chuva fraca".

Já para o Grande Porto, as previsões apontam para "céu muito nublado", "períodos de chuva" e "vento fraco a moderado (até 25 km/h) de oeste".

No que diz respeito às temperaturas, as mínimas vão oscilar entre os 08 graus Celsius (em Castelo Branco e Faro) e os 12 (em Leiria, Lisboa, Coimbra e Porto) e as máximas entre 11 (na Guarda) e os 19 (em Faro).

Aviso amarelo

Dez distritos de Portugal continental estão esta quinta e sexta-feiras sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima, encontrando-se seis barras marítimas fechadas à navegação.

De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro estão sob aviso amarelo a partir das 18:00 de hoje e até ao final do dia de sexta-feira, devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

O aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, indica uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Barras fechadas

Por causa da agitação marítima, estão fechadas a toda a navegação as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, São Martinho do Porto, Ericeira e Alvor.

A Marinha Portuguesa indica ainda que as barras de Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Figueira da Foz estão condicionadas à navegação.