O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para esta quinta-feira períodos de céu muito nublado, sendo em especial por nuvens altas na região sul, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir do meio da manhã e possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos nas regiões norte e centro, em especial no litoral, até ao início da manhã.

Está também previsto vento fraco, soprando moderado do quadrante oeste no litoral e nas terras altas, em especial durante a tarde, neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura máxima nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela e descida a sul.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 16 e 25 graus Celsius, no Porto entre 14 e 21, em Vila Real entre 12 e 26, em Viseu entre 12 e 25, em Bragança entre 10 e 26, na Guarda entre 12 e 23, em Coimbra entre 14 e 24, em Leiria entre 14 e 23, em Santarém entre 14 e 26, em Castelo Branco entre 14 e 29, em Évora entre 15 e 29, em Beja entre 16 e 28 e em Faro entre 18 e 26.

O concelho do Sabugal, distrito da Guarda, é o único a apresentar risco máximo de incêndio.

O IPMA colocou também em risco muito elevado de incêndio os concelhos de Monchique (Faro), Barrancos (Beja), Constância, Mação, Sardoal, Tomar (Santarém), Vila de Rei, Oleiros, Sertã, Fundão, Penamacor, Belmonte (Castelo Branco), Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande, Castanheira de Pera (Leiria) Guarda, Almeida, Gouveia, Celorico da Beira, Penalva do Castelo, Pinhel, Figueira de Castelo Rodrigo (Guarda), Miranda do Corvo, Pampilhosa da Serra, Arganil e Góis (Coimbra).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.