Vinte e seis concelhos de Portugal continental apresentam esta terça-feira risco máximo de incêndio, enquanto o interior Norte, Centro e Sul se encontram em risco muito elevado, divulgou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Vila Real, Braga, Porto, Guarda, Castelo Branco, Coimbra, Leiria e Santarém apresentam alguns concelhos com risco máximo de incêndio, o mais elevado numa escala de cinco níveis, enquanto os distritos de Portalegre, Setúbal e Beja estão com risco elevado.

O cálculo do risco é feito pelo IPMA com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Na segunda-feira, a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) registou 108 incêndios, que foram combatidos por 2.528 bombeiros, com o apoio de 627 veículos.

O IPMA emitiu dois avisos amarelos - o terceiro mais grave de uma escala de quatro níveis - para as ilhas do grupo central e oriental dos Açores, até às 20:00 de hoje, por causa de chuva e trovoada.

De acordo com o IPMA, as ilhas do grupo central (Terceira, Faial, São Jorge, Graciosa e Pico) vão estar sob a influência de precipitação e trovoada frequente e dispersa, repetindo-se o mesmo cenário no grupo oriental (São Miguel e Santa Maria).

Também toda a costa da Madeira está sob aviso amarelo devido à persistência do calor, com previsões de 27 graus celsius de temperatura máxima, um aviso que vigora até às 18:00 de quinta-feira.

O IPMA colocou ainda os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu e Guarda sob aviso amarelo, igualmente devido à persistência de valores máximos de temperatura, já que estas vão rondar os 35 graus.

Para hoje, o IPMA prevê céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade até ao final da manhã nas regiões do litoral oeste a sul do Cabo Mondego.

Durante a tarde, deverá verificar-se um aumento temporário de nebulosidade nas regiões do interior, em especial do Norte e Centro, com condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoada.

O vento tenderá a ser fraco (inferior a 15 km/h), tornando-se fraco a moderado (10 a 25 km/h) a partir do meio da tarde e soprando temporariamente moderado (15 a 25 km/h) até ao final da manhã.

O dia deverá registar uma pequena descida da temperatura máxima nas regiões Centro e Sul e litoral Norte.

Em Lisboa são esperados 27 graus de temperatura máxima, em Faro 25º e no Porto 24º. Santa Cruz e Angra do Heroismo, nos Açores, podem chegar aos 26º, numa síntese da Lusa.