Temperaturas a rondarem os 20 graus e ausência de chuva vão marcar o tempo na próxima semana, apesar de o vento poder soprar forte no Algarve, avançou esta segunda-feira à Lusa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Cinco concelhos do distrito de Faro em risco muito elevado de incêndio

«Para o continente, hoje e amanhã [terça-feira], não vamos ter precipitação, mas céu pouco nublado ou limpo, com o facto mais importante a registar a ser o vento no Algarve e nas terras altas da região sul, que vai soprar de moderado a forte», disse à Lusa o meteorologista Bruno Café.

Este vento está na origem de «ondas de sueste na Costa Sul com aviso [laranja]», o segundo mais grave de uma escala de quatro, acrescentou.

De acordo com o meteorologista, nada indica que nos próximos dez dias «haja qualquer tipo de situação que normalmente dá origem à precipitação, nomeadamente a passagem de superfícies frontais ou depressões».

Segundo Bruno Café há, no entanto, «a previsão de uma convecção, ou seja, a entrada de uma massa de maior humidade que se vai gerar a sueste do continente» e poderá provocar, a partir de quarta-feira, «alguma precipitação apenas nas regiões do interior».

Também a partir de quarta-feira, deverá registar-se uma ligeira descida da temperatura nos locais onde esta se apresenta mais quente de 23/24 graus para 18/20 graus, de acordo com o meteorologista do IPMA.