Os bombeiros dos distritos de Aveiro, Coimbra, Guarda e Viseu vão receber, no domingo, equipamentos SIRESP (Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal), indicou esta quinta-feira a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

No total vão ser entregues 636 rádios SIRESP às 106 corporações de bombeiros voluntários e municipais dos distritos de Aveiro, Coimbra, Guarda e Viseu, adianta a ANPC, em comunicado.

A Proteção Civil adianta que estão previstos entregar, nos próximos tempos, mais 1.964 equipamentos portáteis para operação na Rede SIRESP às restantes corporações de bombeiros.

Com a entrega dos 2.600 rádios SIRESP, os bombeiros vão ter ao dispor, durante época de incêndios florestais deste ano, um total de 6.244 destes equipamentos, segundo a Proteção Civil.

A cerimónia de entrega dos rádios SIRESP vai decorrer nos Bombeiros Voluntários de Viseu e contará com a presença do ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, e secretário de Estado da Administração Interna, João Almeida.

O Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal visa dotar as forças e serviços de segurança, emergência, proteção civil e socorro, de uma rede única de comunicações, a nível nacional.

O SIRESP permite, através da definição de grupos de segurança, que cada entidade utilize o sistema como se trata-se de uma rede privativa, mas também, em caso de necessidade de coordenação, que todos os grupos que concorram para a resolução de uma determinada situação de emergência, sejam facilmente colocados em conversação, de acordo com regras pré-definidas ou a serem estabelecidas em cenários específicos.

Segundo a ANPC, a exploração da rede pelos bombeiros, iniciada em 2007 num projeto-piloto envolvendo os corpos de bombeiros do distrito de santarém, tem hoje uma expressão nacional.