Um homem está à tarde a receber assistência médica depois de se ter atirado do viaduto por cima da rotunda do Relógio, em Lisboa, onde decorre uma concentração de taxistas, constatou a Lusa no local.

Depois de o homem se pendurar no viaduto da Avenida Marechal Gomes da Costa, ameaçando atirar-se durante alguns minutos, os manifestantes pediram às autoridades para colocar uma rede no solo, gerando-se alguma agitação no local, mas sem confrontos.

O homem foi assistido no local e transportado ao hospital pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Segundo taxistas no local, o homem não é profissional do setor, mas tem estado entre os manifestantes esta segunda-feira.

Veja a manifestação dos taxistas que entope Lisboa