Os 278 passageiros do voo da TAP que fazia a ligação Boston-Lisboa estão retidos nos Estados Unidos devido a uma avaria elétrica detetada no aparelho. 

Os passageiros, entre os quais o presidente executivo da TAP, Fernando Pinto, chegaram a embarcar no avião mas tiveram que deixar o aparelho uma hora depois para que a avaria fosse reparada.

Após cinco horas de espera no aeroporto de Logan, a TAP anunciou que não conseguiu reparar a falha elétrica e os passageiros esperam agora por outro avião proveniente de Lisboa, que deverá partir esta manhã.

A partida de Boston rumo à Portela está prevista para as 18:30 (hora de Lisboa).

Os passageiros estão alojados em hotéis daquela cidade, segundo a companhia aérea.

O avião da TAP deveria ter partido às 19:45 de segunda-feira e tinha chegada prevista às 07:20 de hoje ao aeroporto de Lisboa, havendo uma difereça horária de cinco horas entre os dois locais.

Este seria o sexto voo direto entre o aeroporto de Logan e o aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, depois da ligação ter sido inaugurada este sábado, com os novos airbus A330.