«O voo [#TP1860] não emitiu alerta nenhum e já reapareceu nos radares. O que se passou foi que existem zonas negras nos oceanos e o avião entrou numa dessas zonas, deixou de ser visível pelos radares por uns instantes e voltou a estar contactável. Não foi pedida nenhuma emergência».