A Polícia Judiciária (PJ) da Madeira apreendeu cerca de 63 quilogramas de cocaína no Funchal e deteve um suspeito, de 26 anos, disse esta sexta-feira à agência Lusa fonte ligada à investigação.

A apreensão ocorreu na quinta-feira, na zona centro da cidade do Funchal, na Madeira.

«Esta cocaína será ainda o remanescente de uma outra apreensão realizada em maio, na qual foram apreendidos 132 quilogramas de cocaína que se encontravam a bordo de um navio de cruzeiro atracado no porto do Funchal», explicou a mesma fonte.

O detido, de nacionalidade brasileira, está esta sexta-feira a ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

A PJ da Madeira informou, em comunicado divulgado a 05 de maio, que deteve três homens de nacionalidade estrangeira, de 29, 32 e 33 anos, dois em flagrante delito e um fora de flagrante delito, «pela presumível autoria do crime de tráfico de estupefacientes».

Esta polícia referiu, na ocasião, que a droga, «embarcada na América Latina, estava distribuída e dissimulada no interior de mochilas, junto ao corpo de dois indivíduos e num camarote do navio».

A droga encontrava-se a bordo do navio «MSC Poesia», que fez escala no Porto do Funchal vindo de Canárias, tendo partido para Vigo no final da tarde de domingo.

O cruzeiro teve início na Argentina, passou pelo Brasil, pelas Canárias, Funchal e prosseguiu para Vigo.