Um homem de 20 anos, funcionário de um colégio em Lisboa, é suspeito de abuso sexual de, pelo menos, duas crianças. O indivíduo já foi detido pela Polícia Judiciária.

De acordo com comunicado da PJ, a suspeita foi levantada pelos pais de uma criança de 12 anos, depois de encontrarem uma mensagem de texto no telemóvel da filha, enviada pelo suspeito.

A PJ apurou, também, que o homem seduzia e manipulava as jovens para atos sexuais com as mesmas e que terá abusado sexualmente, e várias vezes, de duas alunas.

Depois de ter sido detido, foi presente a interrogatório judicial e está proibido de contatar com as vítimas. Além desta interdição, o homem também não pode frequentar lugares habitualmente utilizados por crianças e/ou jovens até aos 16 anos.