Militares do Destacamento Territorial de Amarante identificaram, na quarta-feira, no Marco de Canaveses um homem, de 79 anos, suspeito da autoria de um fogo florestal, anunciou hoje a autoridade.

Segundo a fonte, o incêndio teve origem numa queima de sobrantes realizada num terreno adjacente à habitação do suspeito, na localidade de Soalhães.

O incêndio florestal consumiu cerca de meio hectare de pinhal.

O septuagenário foi constituído arguido e sujeito a termo de identidade e residência.