A PSP anunciou este sábado a detenção, na sexta-feira, em Lisboa, de um homem de 24 anos, pelo crime de furto de dinheiro em multibanco, através de um sistema de retenção na saída das notas conhecido por «cash trapping».

Em comunicado, o Comando Metropolitano da PSP de Lisboa acrescentou que a detenção ocorreu cerca das 20:30, vinte minutos depois de alarme dado na central da Sociedade Interbancária de Serviço (SIBS).

Os agentes da polícia constataram junto de uma caixa multibanco na Avenida Duque D`Ávila que havia um dispositivo manual de retenção de notas, acoplado na ranhura de saída do dinheiro.

«De imediato foi montada operação de vigilância nas imediações, tendo cerca de 20 minutos depois, intercetado um suspeito, que se deslocou ao local para recolha do dispositivo e das notas retidas», lê-se no comunicado da PSP.

Ao homem foram apreendidos 260 euros e cinco chapas/réguas metálicas com fita-cola de dupla face preparadas para serem montadas noutras caixas multibanco.

Segundo a PSP, o suspeito, de nacionalidade estrangeira, não tem residência fixa e deverá estar em Portugal desde março, tendo circulado por outros países da União Europeia, nomeadamente, Alemanha e Itália.

O detido foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, que lhe decretou como medida de coação três apresentações semanais às autoridades.

Na sequência deste caso, a PSP alertou os cidadãos para verificarem, aquando do levantamento de dinheiro, se não existe alguém suspeito, que possa observar a introdução do seu código secreto e eventuais alterações das caixas, assim como uma retenção anómala de dinheiro no interior dos dispositivos.