Pela primeira vez desde o início do surto de legionella no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, na quinta-feira não se registou qualquer novo caso, mantendo-se nos 54 os confirmados, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O surto causou a morte a cinco pessoas e cinco doentes continuam ainda internados em unidades de cuidados intensivos, além dos 24 que estão internados em enfermaria.

A nota da DGS, relativa a um balanço às 13:30, indica que 20 doentes já tiveram alta.

Este organismo do Ministério da Saúde adianta que a maioria dos infetados (31) são mulheres e que 36 (67%) tinham 70 ou mais anos.

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, disse hoje acreditar que o surto está a terminar e que as medidas fizeram efeito.