Um funcionário do Serviço Municipalizado de Águas e Saneamento de Leiria morreu esta sexta-feira soterrado na Barreira, em Leiria, informou à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.

O alerta para o acidente ocorreu pelas 10:52, quando o funcionário do SMAS se encontrava a trabalhar, em Barreira, freguesia do concelho de Leiria, e ficou soterrado.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da União de Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes, José Cunha, explicou que os funcionários do SMAS estavam a realizar um trabalho de desobstrução de um tubo quando ocorreu um desabamento de terra.

O funcionário, com cerca de 40 anos, acrescentou o presidente da Junta, estava na parte superior da obra quando se deu o deslizamento, caindo por esse motivo e ficando soterrado.

Segundo José Cunha, encontra-se no local uma equipa da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).

Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Leiria abriram um processo de averiguações na sequência do acidente mortal que vitimou um trabalhador daqueles serviços numa obra na Barreira, disse à agência Lusa a autarquia.

“As circunstâncias em que ocorreu este acidente que vitimou este trabalhador, nascido em 1974, vão ser alvo de um processo de averiguações”, refere uma nota da Câmara.

Na mesma nota lê-se que “os SMAS e o Município de Leiria lamentam profundamente o sucedido, endereçando sentidas condolências aos familiares do trabalhador”.

O funcionário do SMAS morreu hoje soterrado na sequência de um acidente de trabalho ocorrido na Barreira, União das Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes.

O alerta para o acidente ocorreu pelas 10:52, informou o Comando Distrital de Operações de Socorro.

Em declarações à Lusa, o presidente da União de Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes, José Cunha, explicou que os funcionários dos SMAS estavam a realizar um trabalho de desobstrução de um tubo quando ocorreu um desabamento de terra.

O funcionário estava na parte superior da obra quando se deu o deslizamento, caindo por esse motivo e ficando soterrado, adiantou o autarca.