O único totalista do sorteio do Euromilhões desta sexta-feira, que tinha em jogo um jackpot de 100 milhões de euros, registou o boletim em Portugal, no distrito do Porto, informou a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

«Depois do prémio máximo de 190 milhões de euros, atribuído em outubro de 2014 a um afortunado apostador de Castelo Branco, o Euromilhões volta agora a contemplar mais um português, desta vez com 100 milhões de euros», refere um comunicado do Departamento de Jogos da SCML.

Desde o seu lançamento em 2004, o Euromilhões já contemplou 55 apostadores com o primeiro prémio em Portugal, acrescenta a Santa Casa, adiantando que o sorteio desta noite gerou «uma receita bruta na ordem dos 14,6 milhões de euros, correspondente a 7,3 milhões de apostas efetuadas».

«Até à data, e com o primeiro prémio desta noite, o Euromilhões já contabiliza um total de primeiros prémios atribuídos a apostadores portugueses, no valor de 1.423.664.242,11€», conclui o Departamento de Jogos da SCML.

O segundo prémio do sorteio de hoje vai ser distribuído por nove apostadores, todos de fora de Portugal, que vão arrecadar cada um cerca de 315.070 euros.

Com o terceiro prémio foram apurados 10 apostadores, um dos quais com as apostas registadas em Portugal, e que vão receber um prémio individual de 94.521 euros.

O quarto prémio vai ser repartido por 83 apostadores, sete dos quais em Portugal, cabendo a cada um 5.694 euros.

A combinação vencedora do concurso 19/2015 do Euromilhões, sorteada esta sexta-feira, é composta pelos números 23 - 30 - 47 - 49 - 50 e pelas estrelas 02 e 07.