«Queremos até ao início do primeiro trimestre alargar esta rede. Cobrir equipamentos que foram construídos com verbas comunitárias mas que, na altura, não foi assegurada a abertura.»


«Se não abrirmos esses equipamentos, podíamos ficar no risco de ter que devolver a verba usada para os construir, porque não foi acautelada a sua abertura.»