Todo o território nacional apresenta hoje risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta (UV), informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, o país encontra-se entre os níveis oito e nove, à exceção da Madeira, que chega ao nível dez, o segundo mais grave.

O índice desta radiação apresenta cinco níveis, entre o baixo e o extremo, sendo o máximo o onze.

Nestas circunstâncias, o IPMA aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protetor solar, aconselhando igualmente que se evite a exposição das crianças ao sol.