Quase todo o país apresenta, este sábado, um risco «alto» e «muito alto» de exposição à radiação ultravioleta (UV), de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Apenas os distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto apresentam risco «baixo» e «moderado» de exposição aos raios UV.

Segundo a informação disponível no site do IPMA, os distritos de Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa apresentam risco «alto» de exposição à radiação ultravioleta.

Os restantes distritos do país apresentam risco «muito alto».

Para estas regiões, o IPMA aconselha a população a utilizar óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protetor solar e a evitar a exposição das crianças ao sol.

O IPMA adverte que a radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde se o nível exceder os limites de segurança.

Para hoje, nas regiões norte e centro, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê períodos de céu muito nublado, apresentando-se geralmente muito nublado no litoral.

Estão também previstos períodos de chuva, em geral fraca, no Minho e Douro Litoral, estendendo-se ao litoral da região Centro no final do dia.

O vento soprará em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante oeste, soprando temporariamente moderado (20 a 30 km/h) nas terras altas. Para a região sul, o IPMA prevê céu pouco nublado ou limpo, com o vento a soprar em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, soprando moderado (20 a 35 km/h) no litoral oeste e nas terras altas em especial durante a tarde.

Nos Açores, prevê-se períodos de céu muito nublado com abertas e aguaceiros fracos e dispersos. Para a Madeira, estão previstos períodos de céu muito nublado, como possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos nas vertentes norte. As temperaturas máximas previstas para hoje são de 26 graus Celsius em Lisboa, 21 no Porto, 27 em Faro e 24 em Ponta Delgada e no Funchal.