O Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA) registou, este domingo, cerca de 40 sismos de baixa magnitude na zona das Furnas, na ilha de São Miguel, atividade que diz ser «acima dos valores normais».

Os 40 sismos, «todos de baixa magnitude», foram registados entre a meia-noite e as 20:00 locais de domingo (uma hora mais em Lisboa), de acordo com a informação divulgada pelo CIVISA.

Esta «atividade sísmica acima dos valores normais» tem o epicentro situado entre quatro e cinco quilómetros a oeste das Furnas, no concelho da Povoação.

O sismo mais forte ocorreu às 08:44 locais e, como o CIVISA e a proteção civil dos Açores haviam já divulgado, teve magnitude 2.0 na escala de Richter e foi sentido nas Furnas com «intensidade máxima II/III (escala de Mercalli Modificada)».

«Sob o ponto de vista geológico, a sismicidade desenvolve-se no flanco W [oeste] do vulcão das Furnas», revela ainda o CIVISA.

Não há, até agora, registo de quaisquer danos relacionados com estes sismos.

A proteção civil dos Açores já tinha alertado este domingo para a «atividade sísmica» que está a registar-se perto das Furnas.

«O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores e o CIVISA continuam a acompanhar o evoluir da situação, emitindo novos comunicados caso necessário», disse a proteção civil, num comunicado, lembrando que, em caso de sismo, é necessário «manter a calma e contar com a existência de possíveis réplicas» e «estar atento às informações e indicações da proteção civil e forças de segurança».