O Instituto Português do Mar e da Atmosfera comunicou na sua página na internet que o tremor de terra ocorreu pelas 12:44 e foi registado nas estações da Rede Símica do Continente.

Atingiu a magnitude de 4.1 na escala de Richetr e teve epicentro a cerca de 80 quilómetros a Oeste da cidade costeira de Peniche, na zona do chamado Canhão da Nazaré, uma falha submarina de origem tectónica situado ao largo da costa.

Em declarações à Lusa, o especialista Jorge Cruz, do IPMA, explicou que "é normal acontecerem estes fenómenos de vez em quando", que decorrem "do movimento da crosta [terrestre]".

Salientando que este "foi um evento só sentido pela população, que não causou danos", o especialista admitiu a ocorrência de réplicas, que serão, contudo, "de intensidade menor".

Sismo sentido em Lisboa

Apesar do IPMA, num primeiro comunicado, afirmar não ter até então recebido "nenhuma informação confirmando que este sismo tenha sido sentido", várias pessoas deram dele conta na zona de Lisboa.

No canal Twitter, várias pessoas deram conta de ter sentido o terramoto.

 

O Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria informou, pouco depois das 13:00, não ter recebido qualquer comunicação.

Pequena intensidade 

A escala de Richter, que mede a magnitude dos sismos, vai até ao valor 10. Pela magnitude registada, o sismo ocorrido esta sexta-feira pode ser considerado entre fraco a ligeiro. 

Numa visão simplificada, o abalo é normalmente sentido no interior das casas, mas por poucas que estejam na rua. Janelas, portas e pratos podem chocalhar, mas raramente há danos materiais a registar.