A PSP iniciou esta segunda-feira a operação «Páscoa em Segurança» com o objetivo de diminuir a sinistralidade rodoviária, aumentar a visibilidade policial em zonas de concentração de pessoas e realizar ações de prevenção da criminalidade.

Durante a operação, que termina no domingo, a PSP quer garantir a diminuição da sinistralidade rodoviária e dos mortos nas estradas patrulhadas pelos agentes.

Nesse sentido, adianta um comunicado da Polícia de Segurança Pública, o policiamento será reforçado junto às zonas de acumulação de tráfego, tendo em conta o aumento do trânsito das cidades para a periferia.

Nos próximos sete dias, a PSP vai também reforçar o policiamento nos locais de concentração de pessoas, uma vez que durante a Páscoa regista-se um aumento de pessoas, valores e bens nas áreas turísticas, comerciais e pedonais das principais cidades de Portugal.

Segundo a Polícia, a criminalidade na área da responsabilidade da PSP desceu seis por cento no primeiro trimestre do ano, pretendendo esta força de segurança manter esta decida.

Para tal, os elementos policiais vão dar especial atenção aos roubos/furtos na via pública, furtos em automóveis, carteiristas, furtos em residências e furtos de metais não preciosos, principais crimes que ocorrem durante esta época do ano.

Durante a Páscoa e no âmbito da iniciativa «comissarias europeias», elementos do Corpo Nacional de Polícia espanhola vão patrulhar as ruas de Lisboa e Braga, entre quinta-feira e domingo, para apoiar os turistas espanhóis de visita a Portugal.