Um tripulante de um navio que navegava a 80 quilómetros do porto de Sines teve este sábado de ser retirado para um hospital, por razões médicas, de helicóptero, disse à agência Lusa uma fonte do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN).



De acordo com a mesma fonte, o transporte do homem, que sofreu de uma hemorragia interna, verificou-se cerca das 11.00, por um helicóptero da Força Aérea Portuguesa, depois de um pedido do navio mercante «Flex Emden», com pavilhão de Barbuda.



De acordo com a fonte, a agitação marítima prevista para este sábado não afetou a operação de resgate.



A operação contou com a colaboração do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), tendo o doente sido transportado para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa.