O coordenador regional da União dos Sindicatos da Madeira (USAM), Álvaro Silva, faleceu esta tarde no Funchal vítima de doença súbita, disse à Lusa fonte desta estrutura sindical.

Segundo António Gouveia, o dirigente da USAM, Álvaro Silva, foi buscar um familiar ao Hospital dos Marmeleiros para passar em casa o Natal e foi acometido de uma doença súbita.

Álvaro Silva, com pouco mais de 40 anos, ligado ao setor da segurança privada, era dirigente há cerca de uma década da USAM, estrutura filiada na CGTP-IN - Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional, tendo sido reconduzido no cargo em maio de 2012.

«Este é um dos piores Natais da minha vida», disse à agência Lusa Leonel Nunes, o ex-deputado do PCP-Madeira, comentando a notícia da morte do amigo.

«Era um jovem, lutador e que evidenciou uma grande capacidade de luta em defesa dos trabalhadores», acrescentou o também sindicalista da hotelaria madeirense.