Esta manhã, a TVI foi palco de um simulacro de exercício de explosão com ameaça de bomba. Na operação estiveram envolvidos os Bombeiros de Oeiras e Queluz, a Cruz Vermelha Portuguesa, a PSP e a Proteção Civil.

A explosão deu o primeiro alerta, de imediato foram chamados à TVI os meios de socorro necessários. Um homem armado entrou nas instalações e fez explodir uma parte do refeitório. No local, os bombeiros encontraram vários feridos graves, entre eles crianças.

Mas o plano deste homem não ficou por aqui, o incêndio foi apenas uma distração para fazer refém um administrador da TVI. Entrou em ação a unidade especial de polícia. Os negociadores tentaram tudo para que o homem se rendesse, mas sem sucesso.

Foi acionado o grupo de operações especiais. Duas horas depois o homem foi detido.

Tudo isto não passou de um exercício feito para a comemoração dos 134 anos dos Bombeiros de Barcarena, que convidaram a PSP, a Cruz Vermelha e a Proteção Civil para mais uma ação de formação e escolheram a TVI para realizar o simulacro.