Uma mulher morreu colhida por um comboio Alfa na passagem de nível de Silvalde, em Espinho, nesta quinta-feira, depois de tentar atravessar a linha quando a cancela já estaria fechada.

O acidente deu-se cerca das 16:45 e obrigou ao corte temporário da ligação ferroviária no sentido Sul-Norte.

A senhora teria cerca de 70 anos e era moradora do Bairro de Silvalde, mesmo em frente à passagem de nível. Terá tentado atravessar a linha quando já estava fechada, porque, para o comboio estar a passar, de certeza que a cancela estava para baixo”, disse à Lusa o comandante dos Bombeiros Voluntários do Concelho de Espinho, Pedro Louro.

Declarado o óbito no local, os procedimentos para remoção do cadáver e limpeza da via foram entregues à responsabilidade da PSP, que viabilizou novamente a circulação ferroviária no sentido Lisboa-Porto.

Os populares adiantaram, em declarações à TVI, que naquela zona há muito que se pede uma passagem desnivelada para peões.