O Ministério Público (MP) pediu, esta sexta-feira, a junção ao processo das secretas de uma cópia certificada da acusação de Silva Carvalho pela divulgação de factos da vida privada de Pinto Balsemão.

O advogado de defesa de Jorge Silva Carvalho, João Moreira, pediu o indeferimento da pretensão do MP, por considerar que o documento agora apresentado pelo MP em nada respeita ao segmento factual da acusação.

Para o advogado, a cópia certificada «nada interessa» para a descoberta da verdade material dos factos nem para a boa decisão da causa.