PJ de Setúbal apanha ladrões que violaram vítimas

São cinco os detidos e têm entre 18 e 22 anos

Por: Redação / CF    |   10 de Maio de 2012 às 17:09
A Polícia Judiciária de Setúbal deteve cinco pessoas, entre os 18 e os 22 anos, suspeitas da prática de diversos crimes de roubo agravado e de violação ocorridos na Moita, Sesimbra e Setúbal, em agosto e setembro do ano passado. A PJ já tinha procedido anteriormente à detenção de outros dois elementos do grupo.

Segundo um comunicado da PJ a que a Lusa teve acesso, os crimes foram praticados de «forma violenta, com recurso a pistolas e caçadeiras, tendo os autores atuado encapuzados ou com o rosto parcialmente coberto».

As vítimas foram agredidas de tal modo que necessitaram de receber tratamento hospitalar.

Alguns dos detidos, todos com antecedentes criminais, são também suspeitos de envolvimento em dois crimes de violação, que terão ocorrido durante um dos assaltos.

Os cinco suspeitos foram detidos na sequência de sete buscas domiciliárias em Setúbal, que terão sido efetuadas pela PJ na manhã de quarta-feira.

Os suspeitos são esta quinta-feira ainda presentes a primeiro interrogatório judicial.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Suspeito de violar turista italiana «fugiu»
Suspeito de violar turista italiana «fugiu»
COMENTÁRIOS

PUB
Costa acusa Governo de não usar fundos

Líder do PS acusa Executivo de não está a aproveitar a potencialidade dos fundos comunitários, de existir «um enorme atraso na execução do QREN» e de confessar antecipadamente que novo quadro vai ter baixa execução. Pelo lado do Governo é Poiares Maduro que vem pedir ao socialista para não usar os fundos como «combate político» e acusar o secretário-geral do PS de estar mal informado sobre as acusações que faz