Mais de 200 condutores de automóveis e de bicicletas foram multados, em três dias, pela PSP no âmbito de uma operação junto dos peões e ciclistas sobre as novas alterações ao Código da Estrada, que termina nesta sexta-feira.

A PSP fiscalizou 706 bicicletas, tendo multado nove ciclistas por não serem portadores de cartão de identificação, quatro por circularem em passeios destinados exclusivamente para peões, dois por desobediência em semáforos e um por circular em paralelo com mais do que uma bicicleta, segundo dados provisórios recolhidos pela Lusa.

No total foram realizadas 156 ações de fiscalização e multados 219 condutores de automóveis e bicicletas enquadrados com esta operação, que a PSP realiza pela primeira vez em todo o país, tendo em conta o novo Código da Estrada, que entrou em vigor a 1 de janeiro e veio introduzir novas alterações na circulação rodoviária.

«Estas alterações têm provocado dúvidas aos cidadãos e têm gerado discussão, pelo que a PSP considera fundamental a adequada sensibilização, pedagogia e proximidade nesta matéria junto dos peões e velocípedes, uma vez que são os elementos mais vulneráveis no asfalto», indica a PSP.

Não sendo obrigatória a habilitação legal para conduzir um velocípede, a PSP considera que é necessário informar e sensibilizar para as novas alterações com o objetivo de diminuir o número de acidentes.

Os ciclistas ganham novos direitos com as regras que entram em vigor com as alterações ao Código da Estrada, passando a ser equiparados aos veículos motorizados.