Um homem de 33 anos foi encontrado, esta quarta-feira, morto numa obra de um prédio abandonado, na cidade de Bragança, divulgou a PSP, adiantando não existirem indícios de crime.

Segundo adiantou à Lusa, o comandante da PSP de Bragança, Amândio Correria, trata-se de «um indigente» que dormia naquele local com mais dois indivíduos, que deram o alerta na manhã de hoje.

O homem já tinha sido detido e cumpriu pena por roubo, mas «desde que saiu da cadeia não têm causado problemas» às autoridades, segundo ainda a PSP.

De acordo com o comandante, o indivíduo «consumiria algum tipo de drogas» e sofria de epilepsia e ainda recentemente teve de ser assistido na urgência do hospital de Bragança devido a uma queda.

O caso vai ser participado ao Ministério Público e as autoridades aguardam pelos resultados da autópsia para mais esclarecimentos.

Inicialmente pensou-se que o homem não tinha família, mas entretanto as autoridades conseguiram localizar os avós maternos, que vivem em Bragança, mas não tinham qualquer relação com o neto devido às circunstâncias em que vivia.