Um homem foi condenado a um ano de prisão, com pena suspensa, pelo crime de casamento por conveniência, informou hoje o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), em comunicado.

A investigação do SEF envolve um português, de 40 anos, e uma mulher de nacionalidade estrangeira, de 47, que terão casado por conveniência com o «objetivo de que a cidadã estrangeira legalizasse a sua situação em território nacional», conforme refere o comunicado.

O homem foi condenado pelos Juízos Criminais do Porto, em decisão proferida a 15 de maio, a uma «pena de um ano de prisão, suspensa na sua execução por igual período».

O SEF informou que a decisão judicial foi proferida a 15 de maio e a investigação decorreu em 2013.