O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou esta quarta-feira a deteção, no aeroporto de Faro, de uma cidadã estrangeira que era procurada pelas autoridades alemãs para cumprir 15 anos de prisão pelo crime de burla informática.

A ação do SEF ocorreu no âmbito de um mandado de detenção europeu, para efeitos de extradição, emitido pelas autoridades alemães

A passageira, de 55 anos, foi identificada pelo SEF no controlo documental de saída de território nacional, tendo por destino imediato o Reino Unido, embora pretendesse seguir viagem para os Estados Unidos.

Após apresentação ao Tribunal da Relação de Évora, foi conduzida ao Estabelecimento Prisional de Odemira, onde aguardará, sob o regime de prisão preventiva, o desenrolar do processo de entrega às autoridades alemãs.