Cada visita ao médico no centro de saúde vai passar a custar quatro euros e meio, menos 50 cêntimos do valor que é pago atualmente.

Os valores foram revelados pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde, em entrevista ao jornal Público, acrescentando que o Governo pretende avançar com as medidas a partir de abril.

Nos hospitais, as consultas de especialidade também vão sofrer uma redução de 75 cêntimos, nas urgências básicas a diminuição é de um euro e meio e nas urgências polivalentes as taxas baixam 2,60 euros.
Nos restantes casos as taxas sofrem também reduções, mas mais ligeiras.

O Governo quer ainda eliminar o pagamento de taxas moderadoras nos hospitais para todos os casos encaminhados pela linha saúde 24 e pelos centros de saúde.

No total, os portugueses vão gastar este ano menos 35 a 40 milhões de euros com as taxas.