O Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental assegura que o doente que morreu na segunda-feira nas urgências do São Francisco Xavier foi atendido dentro dos «procedimentos e melhores práticas clínicas». O hospital assegura também que o doente foi atendido dentro dos timings impostos pelo sistema de triagem de Manchester.
 
«Deu entrada às 19:10 no serviço de Urgência do Hospital de São Francisco Xavier, imediatamente triado como muito urgente (laranja) e nove minutos depois, às 19:19, passou para a observação médica», escreve a administração do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, em comunicado.
 
«Nas quatro horas seguintes, esteve sempre em observação e vigilância médica e de enfermagem intensa no serviço de urgência», acrescenta ainda o mesmo documento.
 
O hospital esclarece também que se trata de um doente de «96 anos», «com múltiplas co-morbilidades e vários episódios de internamentos anteriores no Serviço de Urgência.
 
O Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental acrescenta ainda que «todos os dias morrem utentes nos hospitais que, apesar de corretamente atendidos e tratados, acabam por falecer devido a patologias graves. «O tratamento abusivo dessa informação e consequente potencial alarmismo gerado junto da população é desnecessário e sem fundamentos», sublinha.