Os enfermeiros vão estar em greve nos dias 13 e 14 de outubro para exigir a reposição das 35 horas de trabalho, anunciou hoje o sindicato do setor, para quem "a geringonça já acabou".

Além da greve, está marcada uma concentração de dirigentes sindicais frente ao Ministério da Saúde para o dia 07 de outubro.

Os sindicalistas dizem-se cansados das reuniões inconclusivas com a tutela e do arrastar da situação laboral dos enfermeiros, que consideram injusta e incomportável, além considerarem que coloca em causa a segurança e qualidade dos serviços de saúde.