Milhões para pôr «Portugal a sorrir»

Secretário de Estado anuncia 30 milhões de euros para melhorar «de forma radical» saúde oral

Por: tvi24 / PP    |   31 de Maio de 2010 às 19:17
O secretário de Estado adjunto e da Saúde afirmou,e sta segunda-feira, querer «melhorar de forma radical» a saúde oral em Portugal, tendo anunciado dispor de 30,5 milhões de euros para conseguir pôr «Portugal a sorrir», escreve a Lusa.

Manuel Pizarro, que presidiu em Abrantes ao I Encontro Regional do Programa Nacional de Promoção de Saúde Oral, disse que o programa abrangeu nos últimos dois anos 600 mil portugueses, através da entrega de "cheques dentista", tendo manifestado «preocupação» por apenas 10 por cento dos 200 mil idosos beneficiários do Complemento Solidário usufruírem daquele programa, reforçado financeiramente este ano em 21 por cento.

«As crianças beneficiam do programa de forma muito satisfatória, tendo a escola como veículo transmissor da informação, assim como as mulheres grávidas, por via dos centros de saúde. O problema são os idosos, pois apenas um em cada dez recebeu "cheque dentista", algo a que é seu por direito, inteiramente gratuito e com comparticipações significativas posteriores, quer no tratamento quer nas próteses dentárias», afirmou o governante.

«O problema», disse Manuel Pizarro, «advém de factores de exclusão, de falta de acesso à informação e até de transporte organizado para aceder a cuidados básicos de saúde».

«O desafio que daqui lanço para melhorar de forma radical a saúde oral dos idosos em Portugal é às juntas de freguesia e às suas comissões sociais, às Instituições Particulares de Solidariedade Social, às Misericórdias e às Redes Sociais concelhias», afirmou, tendo acrescentado que os encontros regionais que hoje principiaram «visam aproximar, tornar mais visível a informação sobre o Programa Nacional de Saúde Oral e sensibilizar, no sentido de promover uma efectiva utilização dos "cheques dentista" a quem deles necessita».

Rui Calado, coordenador nacional do programa, lembrou que em 2009 foram assistidas 94 mil crianças, num total de investimento que rondou os 7,5 milhões de euros, e que, para 2010, para um universo de 300 mil crianças, estão disponíveis 21,5 milhões de euros.

Com uma rede de 3500 dentistas e estomatologistas espalhados por todo o país, o Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral está incluído no Plano Nacional de Saúde 2004-2010 e tem como objetivos reduzir a incidência e a prevalência das doenças orais nas crianças e adolescentes, melhorar conhecimentos e comportamentos sobre saúde oral e promover a equidade na prestação de cuidados de saúde oral às crianças e jovens com necessidades de saúde especiais.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Dentista (André Kosters/Lusa)
Dentista (André Kosters/Lusa)
COMENTÁRIOS

PUB
Benfica vence Rio Ave por 1-0

Encarnados regressam às vitórias na Liga após derrota em Braga. Um golo fabuloso de Talisca, em momento memorável que fez levantar a Luz, deu a vitória ao conjunto de Jorge Jesus, ao 60 minutos. Na próxima terça-feira, águias recebem o Mónaco no Estádio da Luz