Uma explosão de gás que ocorreu, esta quinta-feira, às 11:44 no Lar de Idosos Recantos de Memória, em Sarilhos Grandes, no Montijo, provocou seis feridos ligeiros - cinco idosos e um funcionário - estando a Polícia Judiciária no local a investigar, disse à Lusa fonte da GNR.

A explosão, que à partida terá sido causada por uma fuga de gás, causou seis feridos ligeiros, cinco utentes e um funcionário do lar localizado na Broega, em Sarilhos Grandes", referiu.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal indicou que os feridos foram assistidos no local por uma equipa de emergência médica e posteriormente transportados para o Hospital do Barreiro.

De acordo com o CDOS, foram mobilizados para o local um total de 22 operacionais e 10 viaturas dos bombeiros, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da GNR.

 

Lar fecha para obras: utentes transferidos para outra unidade

O lar de idosos no Montijo onde ocorreu a explosão está devidamente licenciado pela Segurança Social, disse à Lusa o presidente da Câmara, Nuno Canta.

O lar está licenciado pela Segurança Social para 20 idosos e tinha atualmente 18 utentes a utilizar o espaço. Os utentes vão ficar agora num outro lar da proprietária enquanto decorrem as obras necessárias no equipamento", disse o autarca socialista.

O presidente da Câmara do Montijo, Nuno Canta, afirmou à Lusa que os cerca de 20 utentes do lar vão ser transferidos para outra unidade e que o equipamento vai encerrar para obras.

Houve uma explosão que terá sido de gás propano e que afetou a zona da cozinha do lar. Foram afetados cinco utentes e um funcionário que estavam nas imediações, mas a indicação que tenho é de que se trata de ferimentos ligeiros", referiu.

Enquanto o lar estiver fechado para obras, os utentes vão ser transferidos para outra unidade que a proprietária possui, explicou.

O autarca disse ainda que, à partida, a explosão não causou danos estruturais no edifício, mas os serviços da Câmara do Montijo vão avaliar o espaço.