Uma equipa de mergulhadores-sapadores da Armada fez deflagrar esta terça-feira, pelas 21:20, numa praia próxima de São Pedro de Moel, um explosivo que deu à costa esta tarde, encontrado por um grupo de alunos, disse fonte oficial.

O comandante do porto da Nazaré, capitão-tenente Paulo Sérgio Agostinho, disse à agência Lusa, que o engenho explosivo, uma carga de sinalização, maioritariamente constituída por fósforo, é usual na navegação, e vai ser agora identificada a sua origem, a partir do número de série registado.

O engenho foi encontrado hoje pelas 15:00 na praia Old Beach, a sul da praia das Pedras Negras, em S. Pedro de Moel, a 25 quilómetros da Nazaré, por um grupo de alunos acompanhado pela professora, que realizava uma atividade escolar.

O grupo escolar contactou as autoridades, tendo sido “de imediato enviado” um elemento da Polícia Marítima.

Estabelecido um perímetro de segurança, foi efetuada a deflagração controlada e limpo o local tendo a operação sido dada por terminada pelas 21:45.

Toda a zona está segura para passeios e utilização pelos pescadores e veraneantes”, disse à Lusa o capitão-tenente.