Vinte e três trabalhadores de uma fábrica de produtos para calçado de S. João da Madeira foram assistidos esta manhã devido a uma intoxicação.

Segundo fonte do CDOS de Aveiro, a causa terá sido uma desinfestação de pulgas feita com uma «composição química» durante a madrugada. «A fábrica terá ficado fechada, sem ser ventilada», explicou.

Quando os trabalhadores entraram, por volta das 8:00, ficaram com sintomas de «intoxicação aguda», como cefaleias e vómitos.

Segundo a mesma fonte, «não há nenhum caso crítico, nem de inconsciência».

«Não é a primeira vez que esta desinfestação é feita, por isso estamos a avaliar o que se passou de diferente», acrescentou a fonte da Proteção Civil.

Os trabalhadores foram transportados para os hospitais de Santa Maria da Feira, Vila Nova de Gaia e Oliveira de Azeméis.

No local estiveram várias corporações de bombeiros do distrito, o INEM e a PSP.