Um bebé de oito meses morreu asfixiado, em Santarém, este domingo, depois de ter ficado com a cabeça e o pescoço presos nas grades da cama onde estava, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.

"A criança estava na cama e as grades tinham algum espaço. Passou a cabeça e ficou presa", explicou Francisco Viegas, comandante dos bombeiros voluntários de Pernes.

O menino estaria acompanhado pela avó "que a deixou por uns instantes" e o acidente aconteceu.

O alerta foi dado cerca das 12:10 na localidade de Outeiro do Bairrinho, freguesia de São Vicente do Paul, no norte do concelho de Santarém, para onde se deslocaram "em poucos minutos" meios de socorro dos bombeiros voluntários de Pernes e uma viatura médica do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) do Hospital de Santarém.

"As manobras de reanimação foram iniciadas de imediato e prolongaram-se por cerca de uma hora", afirmou o comandante dos bombeiros, mas o óbito acabou por ser declarado no local.

Já segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, para além daqueles meios e da GNR, que tomou conta da ocorrência, foi ainda envolvida uma equipa de psicólogos do INEM para apoio à família da criança.